quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

Bolo Mármore

bolo mármore

Ultimamente, tenho visto em vários blogs estrangeiros e portugueses receitas e sugestões para bolo mármore.
Talvez por se tratar de um clássico da nossa infância, ser simples de fazer, e ser um bolo que se conserva bem.
Para acompanhar um chá ou café, ou para as crianças levarem para a escola, é sempre uma escolha muito saborosa  !

bolo mármore

O certo é que ainda não tinha posto aqui nenhuma receita do bolo que faço da mesma maneira há já alguns anos, é agora coisa feita.
No fim de cozido, o bolo é embebido com um xarope de açúcar, o que o torna ainda mais fofo e húmido.

bolo mármore


Ingredientes:
  • 4 ovos
  • o mesmo peso em farinha com fermento (pode substituir com farinha sem fermento + 1/2 colher de sobremesa de fermento)
  • o mesmo peso em açúcar
  • metade do peso em manteiga
  • metade do peso em natas
  • metado do peso em chocolate

Xarope:
  • 20 g de açúcar
  • 80 ml de água
  • 1 colher de café de rum (facultativo)
Passo 1

Prepare a forma : unte com manteiga ou forre com papel vegetal.
Derreta a manteiga.
Acenda o forno a 180ºC.

Passo 2

Numa tigela, parta os ovos, junte o açúcar e bata muito bem até obter um creme fofo e esbranquiçado.
Junte as natas e bata novamente.

bolo mármore

Junte a farinha (e o fermento se for o caso), e bata novamente.
Por fim, junte a manteiga derretida, bata bem.

bolo mármore

Separe a massa em duas partes mais ou menos idênticas.
Derreta o chocolate, e misture numa das partes.

bolo mármore

Deita na forma as massas, alternando a branca com a de chocolate, eu costumo fazer em 3 vezes ( branco / chocolate / branco).
Ponha a cozer +/- 40 minutos, verifique a cozedura com um palito.

Passo 3

Quando o bolo estiver cozido, prepare o xarope: ponha o açúcar e a água num tacho até ferver. Retire do lume e junte o rum.
Desenforme o bolo, ponha numa grelha, e vá pincelando o bolo com o xarope até acabar.


segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Briochettes com Pralines Roses

briochettes pralines roses

Quem já viveu em França, e particularmente na região Rhônes-Alpes, deve lembrar-se destas "brioches".
As pralines dão-lhes uma cor irresistível, e ao cozer, o açúcar derrete, deixando a massa húmida e doce...
é uma verdadeira tentação....

briochettes pralines roses

Como já referi no último post, estas brioches recordam-me os tempos em que a minha mãe me ia buscar à escola, me acompanhava até casa.... comia o lanche e mesmo que o dia tivesse corrido mal, sentia-me confortada ....

briochettes pralines roses

Usei a receita do "brioche extra fofo", e apenas acresentei as pralines.

Ingredientes: (6 briochettes):

  • 100 ml de leite morno
  • 10 g de fermento fresco de padeiro
  • 250g de farinha T55 s/ fermento
  • 45 g de açúcar
  • 2 gemas
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 80 g de manteiga amolecida a temperatura ambiente
  • pralines rose (receita aqui) q.b (usei +/- 20)
Passo 1

Repita os passos 1 e 2 da receita "brioche extra fofo".

Passo 2

Ao fim dos 30 minutos, amasse só um pouquinho e introduza as pralines, inteiras, ou partidas.
briochettes pralines roses

Divida em 6, faça umas bolinhas e ponha em formas untadas ou com papel vegetal.
Deixe levedar mais 1h30mn.

Passo 3

Acenda o forno a 180ºC, e entretanto, pincele os brioches com leite ou ovo batido.
Ponha a cozer +/- 30 minutos.

briochettes pralines roses


Pralines Roses (Amêndoa Caramelizada Cor de Rosa)

Pralines roses

Estas "pralines" com uma cor muito chique (!) são simplesmente amêndoas envolvidas num banho de açúcar, água e corante. Em França são usadas nas brioches, tartes, e também num bolo típico da cidade donde venho : o "gâteau lyonnais".
O sabor é de amêndoa envolta em açúcar (até aqui, nada de estranho !), o engraçado é a cor que deixa na massa dos bolos.
Havia uma padaria perto de casa que fazia umas "briochettes" com essas amêndoas e a minha mãe comprava de vez em quando para levar para a escola.... São daquelas coisas que recordo com alguma nostalgia... recordações que me confortam e que me deixam com saudades desses tempos em que tudo era menos complicado....

pralines roses

Aqui usei amêndoa sem pele porque era o que tinha em casa mas convém usar com pele. O princípio é simples: o peso das amêndoas em açúcar e em água.

Por exemplo, aqui, usei 60 g de amêndoas, 60 g de açúcar e 60 g de água. Corante q.b Açúcar em pó q.b

Passo 1

Torrar as amêndoas no forno ou numa frigideira alguns minutos só para realçar o sabor.

Passo 2

Ponha num tachinho de fundo espesso as amêndoas, metade do açúcar e metade da água.
Em lume brando, deixe que se forme uma espuma, o líquido vai evaporar pouco a pouco. Mexa sempre.
Quando não sobrar líquido quase nenhum, apague o lume e  mexa muito bem com uma colher de pau.

pralines roses

O açúcar vai cristalizar e formar uma espécie de "areia" grossa à volta das amêndoas.
Deite em cima de um tabuleiro com papel vegetal polvilhado do açúcar em pó e deixe arrefecer um pouco.

pralines roses


Passo 3

Deite o resto do açúcar e água no mesmo tacho, e as amêndoas anteriores.
Recomece o passo 2, e deixe repousar em papel vegetal.

pralines roses


Guarde num recipente hermético.